Exposição sobre plantas da Macaronésia no Parque Atlântico

O Centro irá acolher uma exposição de Especialistas em Plantas da Macaronésia, espécie ameaçada nos dias que correm.

O Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genético (CIBIO) traz até ao nosso Centro uma exposição – composta por 8 cartazes – que divulga um estudo recente que pretende alertar sobre as espécies ameaçadas da Macaronésia: “CIBIO-Açores: 63 investigadores, 1 objetivo – Biodiversidade” é o nome da mostra que dá a conhecer o trabalho desenvolvido por 8 grupos de trabalho desta unidade de investigação.

Macaronésia – que significa em grego “ilhas afortunadas” é o conjunto dos cinco arquipélagos próximos das costas africanas que partilham muitos fatores em comum, entre eles uma biodiversidade ímpar – com um dos mais elevados índices de plantas endémicas da Europa. São os arquipélagos dos Açores, Madeira, Canárias, Cabo Verde e Ilhas Selvagens, que desfrutam de um clima invejável, além de uma fauna e flora muito particular e diversa, que fazem destes territórios umas das 36 regiões classificadas como “hotspot” da biodiversidade, embora esta se encontre muito ameaçada, tendo já perdido, pelo menos, 70% da sua biodiversidade inicial.

Para que todos possamos conhecer mais sobre esta pequena parte da nossa natureza e poder ajudar, a exposição – que irá conter as respetivas linhas de investigação e trabalho desenvolvido sobre as espécies ameaçadas – estará presente no nosso Centro de 16 a 30 de setembro.

Visite!

 

Publicação
18 de Setembro de 2019
Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço